A Língua Travada: Consonâncias em Verso e Prosa

A Língua Travada: Consonâncias em Verso e Prosa

0 comentários  0 comentários  |  Comentar
12,68€
Código do produto: LPF046
Disponibilidade: Disponível
Qtd:

Editora:Cânone Editorial
Autora: Denise Godoy
ISBN: 85-87635-16-6
112 páginas
2ª edição

 

Convencionou-se que ler é uma actividade para ser feita silenciosamente. Todo leitor, em acção, seria um ser ensimesmado, dedicado a um prazer mudo e individual. Com a excepção dos recitais e saraus (sinónimos de chatice para muitos), não há mais espaços sociais para se ler em voz alta, em alto e bom som. A não ser que você seja radialista, apresentador de TV ou político, pode passar uma vida inteira sem ler um texto para outros ouvidos.

 

Quem tem filhos sabe como é gostoso ler uma bela história em voz alta, saborear o som de cada palavra, inventar ritmos, intensidades e cores diversas para falar e calar, realçar e sugerir, confirmar e surpreender! Interpretar a leitura com os recursos vocais é uma arte, uma actuação como o teatro ou o canto.

 

Para quem é tímido, fala baixo, engole as palavras ou tem algum problema de dicção, ler em voz alta é um santo remédio. O problema é que os exercícios com fins terapêuticos costumam ser enfadonhos, repetitivos e sem sentido. Ler em voz alta, nesses casos, é um sacrifício, ainda mais quando há alguém a avaliar, atento aos seus mínimos escorregões. Não há língua que não trave, assim pressionada!

 

Em sala de aula, colocar os alunos para "ler para a turma" é uma prática bastante disseminada, mas nem sempre bem utilizada. Quando o livro é daqueles didácticos tradicionais, os alunos costumam embrenhar-se numa narração automatizada, tentando livrar-se o mais rápido possível da incómoda tarefa. Sugerir a leitura de poemas e livros infantis costuma ser bem mais divertido. No entanto, a leitura em voz alta não costuma ser recomendada como uma prática diária, a não ser (de novo) para aqueles alunos "com problemas".

 

O livro A Língua Travada:Consonâncias em Verso e Prosa, de Denise Godoy, traz um novo alento para todas as situações descritas acima. O leitor leigo, desinteressado de Terapia da Fala e Educação, descobre ali uma lírica original, leve e simpática, em poemas e contos onde nenhuma palavra é vã e tudo reverbera ao redor de certos motes sonoros. Impossível resistir à tentação de ler em voz alta. É isto mesmo que recomenda a autora.

 

Na Terapia da Fala, a obra se transformará em manual, indispensável para a aplicação de exercícios com as mais variadas combinações de consonâncias. Fica evidente, logo na primeira leitura, o trabalho de "garimpagem" da autora em busca de palavras e sons que se adequassem à finalidade terapêutica de cada texto.

 

Nas escolas, os versos de Denise (que desenham um cotidiano de delicadeza e reflexão) e seus contos curtos (com histórias engraçadas ou misteriosas) certamente arrebatarão os alunos. Desafiados a ler em voz alta aquela sucessão de trava-línguas, seduzidos pelas histórias originais e belos poemas, instigados a criar textos que comportem repetições de letras e sons como aqueles, eles podem ser "fisgados" de várias formas para o prazer da leitura, da interpretação oral e da escrita.

 

Trava-línguas, Exercícios e Classificados

 

Além dos pequenos contos e poemas, a autora criou mais três capítulos, que enriquecem o livro e ratificam os seus objectivos.

 

Um deles traz trava-línguas de A a Z, passando pelo Cl, Ch e Tr. São frases curtas para testar a dicção.
Por exemplo: Clarissa catava cacos cor clara e conchas coloridas, contente, cantando cantigas.

 

No capítulo "Exercitando a Respiração", o leitor é orientado a ler versos sem interrupção e respirar somente ao final de cada frase. Aos poucos elas ficam maiores e exigem um maior controle da respiração.

 

Há também um capítulo de "Classificados", que não faria falta ao livro, mas é divertido e mostra que é possível criar textos com trava-línguas em qualquer tipo de linguagem. Um dos anúncios dos classificados (com a identificação das letras trabalhadas).

 

C e Q - Cadu e Camila comunicam aos colegas que se casaram quarta-feira no Cartóriode Catural. Contentes e cansados, procuram casa para comprar e querem encontrá-los na Quinta do Quelemente, às 14 horas do dia 15, para confraternização e cumprimentos.

 

A Língua Travada é uma grata surpresa tanto por suas qualidades literárias e poéticas, quanto pelo serviço que pode prestar em diversas áreas terapêuticas, artísticas e educativas. Não deixe de ler. Mas em voz alta!

 

Lorenzo Aldé

 

 

 

"Seu livro me chamou a atenção desde a primeira leitura, ainda em Goiânia, quando tive o prazer de recebê-lo. Desde então, não só o divulgo entre amigos, como dele me valho com frequência, sobretudo nas horas que antecedem algum recital de poesia... Sempre me pareceu extremamente bem logrado, por estabelecer de modo tão fluido e ao mesmo tempo tão consistente, essa ponte entre a literatura e a fonética. Em outras palavras,sou um admirador e um aproveitadordo seu livro."

 

Lauro Moreira

Comentar

Nome:

Comentário:

Obs: HTML não suportado!

Classificação: Mau Bom

Digite o código na caixa abaixo:

Loja Didática ©2013 Todos os direitos reservados - Por Tecla Infinita